Arquivo | Entrevistas RSS feed for this section

Entrevista do ToHeart para a Esquire

5 maio

abcConfiança entre Amigos
Quantas coisas se tornam realidade por causa da amizade? Os membros de dois grupos populares, Key do SHINee e Woohyun do INFINITE, juntaram forças e revelaram seu projeto em dupla ToHeart para o público. O ditado “um homem é sua lealdade” foi testado e comprovado com estes dois rapazes de 24 de anos.

Amigos fazerem algo juntos é mais difícil do que se parece.
Key: Não somos só pessoas próximas. Até nossos estilos favoritos são parecidos, então imaginei que seria divertido fazer uma sessão de fotos ou lançar um álbum juntos. Nossas empresas se uniram naquela época (SHINee está atualmente na SM Entertainment e o INFINITE está na Woollim Entertainment, que pertence à SM C&C) e, naturalmente, virou realidade.

Vocês devem ter ficado felizes pelas empresas se unirem.
Key: Pelo que percebi, o representante da empresa do INFINITE já estava esperando por isso faz um bom tempo.
Woohyun: Falei com o CEO sobre isso várias vezes e ele me dizia para esperar. Ele realmente falou com a SM.

Eles parecem respeitar bastante seus artistas. Vocês dois tem outros membros em seus grupos. Não ficaram com medo (da reação deles)?
Woohyun: Todos acharam que seria algo bom, já que é um projeto feito entre amigos.

Mesmo?
Key: Talvez não acontecesse se fossemos grupos femininos.
Woohyun: Verdade, provável que não.
Key: Grupos masculinos se divertem bastante juntos, mesmo nos prédios de gravação. INFINITE e SHINee são especialmente próximos.
Woohyun: SHINee brinca e fica conosco na sala de espera. No caso do Jonghyun do SHINee, ele passa a maior parte do tempo na nossa sala, nos programas de música. Já compartilhamos uma sala por causa de uma apresentação de final de ano juntos. Era tão barulhento, achei que ia morrer.
Key: Meus membros estão casualmente nos apoiando.

Fiquei curioso pelo nome da dupla. ToHeart.
Woohyun: Significa dois corações. Pensamos bastante nisso.
Key: Eu disse que deveríamos só usar nossos nomes, seja WoohyunKey ou KeyWoohyun.

Então vocês gostam dele?
Key: Parece nome de drama.
Wooyhun: Haha, verdade. Era muito estranho no começo. Foi o mesmo comigo e o INFINITE. Depois de me apresentar com o nome, comecei a me acostumar. Estou esperando para o dia em que isso aconteça (com o ToHeart).
Key: Mas as reações ao nosso nome são muito boas.

Que tipo de música vocês fazem?
Woohyun: Nossa faixa-título Delicious é uma música funky e bem rítmica.
Key: Em outras palavras, é do tipo que nunca fizemos em nossos respectivos grupos. É só o que estávamos experimentando por fora. Mas todas as músicas são bem feitas. Nos esforçamos para maximizar a completude da musicalidade. Até saímos pra comprar nossas próprias roupas de apresentação e prestamos bastante atenção a nossa aparência. Com certeza, vai surpreender as pessoas.

Pode-se dizer que as fotos do álbum tem um estilo retrô? Estão boas, aliás.
Key: Acreditamos que vão haver respostas sinceras ao nosso esforço.

Qual é a reação dos seus fãs?
Woohyun: Não pude ouvir muito, mas acho que estão achando estranho. São fãs de INFINITE ou do SHINee, mas agora tem de apoiar ambos os grupos, muitas reações estão vindo à tona. Se não formos um projeto de uma vez só e continuarmos a fazer músicas juntos como ToHeart, acho que vão aparecer novos fãs só da dupla.
Key: Existem fãs que, na verdade, gostam de nós dois.

É mesmo?
Key: Quando fiz shows em outros países, vi muitas placas de “Key, Woohyun” escritas.
Woohyun: É mesmo, tinham algumas.

Existe um ditado que diz que não devemos trabalhar com os amigos.
Key: Também fiquei preocupado. Trabalhar é diferente de ser amigo, mas, como somos muito próximos, não brigamos. Acho que estamos tão concentrados que não temos diferenças de opinião.

Devem haver prós e contras em trabalhar juntos que vocês não sabiam antes.
Woohyun: Não acho que tenham contras… Mas a música e o conceito do álbum combinam mais com Kibum (do que comigo).
Key: Hahaha.
Woohyun: O tom e estilo de Delicious combina bem com ele.

02Quais são suas expectativas para as promoções do ToHeart?
Woohyun: As minhas são provavelmente as mesmas do Kibum. Quero mostrar um lado diferente de quando estou com o INFINITE. Quero mostrar estilos e gêneros que não pude antes, e mostrar um charme diferente.
Key: Através desta dupla, espero que outros projetos muito divertidos possam ser criados no futuro. Espero que as pessoas ouçam esta música bem produzida e olhem para mim como se estivessem gostando.

Vocês tem muitos membros tanto no SHINee quanto no INFINITE. Como se sentem, sendo só vocês dois?
Woohyun: Tem prós e contras. Por ter muitos membros no INFINITE, as reações são maiores, ggora é mais quieto. Foi bom o tmepo de gravação do clipe ser curto, mas eram nós dois quem faziam tudo. Ficamos gravando o clipe por dois dias direto, foi difícil. Não havia um momento pra descansar.
Key: Não é que nós não possamos falar, mas não falamos muito em entrevistas. Talvez porque temos menos chance de falar algo curto (e deixar os outros membros continuarem).

SHINee está há mais tempo, mas os dois grupos são um sucesso. Não é bom dois amigos poderem promover assim?
Key: É por isso que não temos reclamações.
Woohyun: Posso dizer que é uma linda atmosfera? Como somos amigos, tudo funciona bem.
Key: Chega ao ponto em que nem nós acreditamos.

0324 anos não é tão jovem. Como celebridades, vocês devem ter pensamentos profundos sobre suas áreas de trabalho.
Key: Para nós, este é provavelmente o ano em que temos de conseguir grandes coisas. Tenho muito guardado. Meu objetivo é produzir resultados melhores do que tudo que já fiz. Espero fazer muitas coisas boas não só com o SHINee, mas sozinho também.

SHINee ganhou na loteria ano passado. Até conseguiram um Daesang [maior prêmio de uma premiação, neste caso, Melhor Artista do Ano no MelOn Music Awards].
Key: Verdade. No meu caso, fiz musicais, além de cantar. Estou aprendendo sobre música ultimamente. Em vez de pensar em compor canções, quero saber mais sobre as coisas a minha volta.

E quanto a você, Woohyun?
Woohyun: Lançar um álbum com Kibum é um projeto novo por si só. Espero bons resultados. Acho que vou ser ativo em campos diferentes, não só nesse. Ainda estou compondo e acredito que terão oportunidades para me comunicar mais de perto com os fãs através de dramas e programas de variedade.

Você tem bem menos apresentações solos do que eu esperava que tivesse quando estreou.
Woohyun: O CEO não quer me desgastar, haha. Acho que ele está me guardando.

Como homens, o que significa ter 24 anos, em termos de situações não relacionadas a trabalho?
Key: Estou tentando me afastar dos meus pais ultimamente. Não é uma coisa ruim. É só que quero criar uma base para me tornar independente.
Woohyun: Sou parecido. Estivemos trabalhando na empresa desde jovens. Se tentarmos sair de férias sozinhos, teríamos problemas porque nossas habilidades sociais são ruins. Por isso, estou tentando avançar pouco a pouco sozinho.

Quanto vocês acham que esta amizade vai durar? O que é um amigo?
Woohyun: Acho que ficar feliz por estarem juntos é o significado de amizade. Quando podemos contar qualquer coisa…

Vocês são amigos sem segredos um do outro?
Woohyun: Sim.
Key: Não acho que decidir coisas como “vamos ser amigos por muito tempo” e “não vamos brigar” seja amizade. Ir para onde o seu coração te leva e estar confortável são coisas boas, e não ter de durar para sempre é ainda melhor.

O que vocês realmente querem que aconteça com o ToHeart?
Woohyun: Ainda não disse isso antes, mas quero fazer um show em um teatro pequeno ou um lugar onde possamos ter conversas sinceras. Tenho um pequeno desejo de podermos lançar pelo menos 20 álbuns.
Key: Deixar o mundo saber que este projeto é meu objetivo. Quero mostrar nossos resultados com confiança.

As pessoas ao seu redor devem ter inveja.
Woohyun: Acho muito diveritdo. Fazer esse tipo de trabalho com um amigo… Estou contente assim…

Fonte: SFI
Tradução: Vivi @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista do ToHeart para a W Korea

18 abr

8GVltIuCoração e Alma

Os dois amigos que formam o ToHeart, Key do SHINee e Woohyun do INFINITE, estão no momento vivendo suas juventudes brilhantes com toda a força.

ODhlZfhFoi um assunto tão comentado quanto o Facebook ter comprado o Instagram e o Whatsapp. A união entre a SM Entertainment e a Woollim Entertainment em Agosto do ano passado gerou muito interesse pelas próximas ações dos músicos das empresas e a mudança topográfica na indústria musical. Foi anunciado que seu primeiro projeto, uma dupla formada por Key do SHINee e Woohyun do INFINITE, o ToHeart, estava sendo feito. Uma dupla com um membro de dois grupos masculinos das duas empresas. Woohyun e Key disseram não achar que conseguiriam essa oportunidade se não fosse por sua intimidade e amizade. Estes dois homens de 24 anos são de grupos que se consideram rivais, mas são melhores amigos e se dão muito bem. O respeito e animação de Woohyun esquentaram o estúdio enquanto Key era do tipo que se preparava quietamente e expressava tudo com intensidade. Apesar de terem personalidades e estilos diferentes, estes dois amigos disseram que o importante era estarem caminhando na mesma direnção. Em vez de se sentirem pressionados, eles estavam animados por poder trabalhar um com o outro.

Como dois membros dos grupos mais populares de hoje em dia, INFINITE e SHINee, vieram a se juntar?
Woohyun: Quando Key foi DJ por um dia numa rádio, eu era o participando especial e nos conhecemos lá. Primeiro, falávamos de fazer uma sessão de fotos para uma revista de moda juntos. Nosso CEO (Lee Jungyeop, da Woollim Entertainment) nos disse para esperar porque logo teríamos boas notícias. O tempo passou e ele nos perguntou se queríamos fazer um álbum juntos. Achei que ele estava brincando, mas foi anunciado a junção das empresas e começamos a trabalhar nisso. Foi algo natural e tranquilo.

Houveram momentos em que vocês dois ficaram mais próximos?
Key: Nós dois gostamos de roupas, então temos a moda como interesse em comum. Íamos comer e conversávamos sobre o que sabíamos um do outro, foi assim que nos aproximamos.
Woohyun: Fico confortável quando estamos juntos. Ele é o tipo de amigo que me dá conselhos úteis quando conto os meus problemas.

Como suas ideias de moda se chocaram?
Woohyun: Quando fazemos compras juntos, corremos para comprar o que queremos e escolhemos coisas que combinam com o outro.
Key: Fazemos muito isso por celular.
Woohyun: É tipo, “isto é legal”, “ficou bom”, “compre isso pra eu roubar de você”.

Suas personalidades parecem bem diferentes.
Key: Woohyun é mais redondo (amigável) do que eu.
Woohyun: Key é mais triangular que eu (risos). Ele é angular.
Key: Apesar de nossas personalidades serem diferentes, nosso temperamento é o mesmo, então podemos entender um ao outro.

Como decidiram o nome ToHeart?
Woohyun: No começo, íamos usar nomes tipo “Woohyun e Key” ou “Key e Woohyun”, mas ficava parecendo que ia ser um projeto que só aconteceria uma vez. Fizemos esse nome para representar que vamos continuar trabalhando como uma equipe no futuro, trazendo boas músicas.

Quanto de suas preferências musicais estão refletidas neste álbum?
Woohyun: Quando nosso CEO perguntou que tipo de música queríamos fazer, eu falei “algo funky, pra que Kibum e eu possamos nos divertir no palco”.
Key: Woohyun e eu somos muito confiantes em ser completamente escuros e pesados ou brilhantes e engraçados. Nossas opiniões são as mesmas nessa questão.
Woohyun: Tem músicas bastante pesadas e sexy no meio do álbum. Mas uma canção como Departure, que é um remake, tivemos de relaxar totalmente.

Seria um remake de Departure, do Some Day, a dupla Lee Byungwoo e Jo Dongik? Essa música é de antes de qualquer um de vocês terem nascido.
Woohyun: Nosso CEO foi o empresário do Some Day. Ele me recomendou essa música muito tempo atrás e gostei muito.

Qual é sua música favorita?
Woohyun: Gosto mais de Tell Me Why e Departure.
Key: Fora Delicious, minha favorita é You’re My Lady. Eu mesmo fiz o rap e até pensei que promover essa música combinaria mais conosco, mas não funcionaria para derreter a escuridão nos nossos adolescentes e jovens. Agora que parei pra pensar, Delicious combina melhor. Assistindo o clipe, parecem cenas de um filme de adolescente.

Incluindo o compositor Sweet Tune e o diretor Hwang Sua, várias pessoas já trabalharam com o INFINITE antes. Deve ter sido uma boa oportunidade para o Key experimentar trabalhar em um ambiente diferente. Foi estranho ou desconfortável?
Key: Foi interessante, mas sem grandes diferenças, na minha opinião. Achei que me ajudaria se eu tentasse coisas novas neste momento da minha carreira. Seja o ambiente de gravação ou um método de trabalho, foi divertido me adaptar às novas condições ou ao tipo de voz que queríamos. Teve um momento em que mudamos de estúdio de gravação e eu não conseguia me adaptar, então tive de gravar uma faixa várias vezes. Depois disso, melhorei.

Ob4ffGLINFINITE e SHINee são grupos com vários membros. Vocês devem ter realizado coisas através desta dupla que não podiam fazer com seus grupos.
Woohyun: Como são sete de nós promovento, meus versos nas nossas músicas e meu tempo de destaque nas apresentações são curtos. Quando nós dois promovemos, temos bastante espaço para nos mostrar, então acho que nossos pontos fortes são mais pronunciados. Sou o vocalista principal do INFINITE, mas quase não tenho partes. Mas, como somos só dois pra uma música, acho que cantar no palco é a parte mais divertida.
Key: Estive constantemente mostrando o tipo de pessoa que sou há muito tempo no SHINee. Meus fãs provavelmente sabem em que direção estou indo muito bem. Acho que pude mostrar isso mais distintivamente nessa dupla. Por exemplo, no passado, eu me esforçaria para que minhas roupas e meu cabelo combinassem com a média no grupo, mas dessa vez, estou tentando me projetar mais.

Quais são as respostas dos membros dos seus respectivos grupos?
Woohyun: Alguns estão inveja e outros me apoiam. Deixei eles ouvirem todas as nossas músicas e eles disseram que são melhores que as do INFINITE. Sunggyu hyung é o mais invejoso (risos), porque ele gosta de algumas das músicas.
Key: Quais são?
Woohyun: Tell Me Why e You’re My Lady. Ele falou “elas seriam músicas incríveis se você cantasse comigo” e estava meio sério, meio brincando, sobre isso (risos).
Key: Os membros do SHINee estão muito interessados nesta dupla e tem altas expectativas. Eles não pediram pra escurar as músicas, mas estão esperando para ouví-las quando forem lançadas.

Antes de virarem amigos, como se sentiam vendo o grupo um do outro?
Woohyun: Nossos membross gostavam muito das músicas do SHINee. Gostamos das músicas um do outro e sempre nos apoiamos.
Key: Woohyun e eu fomos os primeiros a se aproximar, mas muitos dos nossos colegas ficaram amigos depois de nós. Não somos rivais. Em vez disso, apoiamos e gostamos uns dos outros.
Woohyun: Quando SHINee e INFINITE dividem uma sala de espera em um programa de música, fica muito barulhento. É uma atmosfera tão viva quanto amigos nos seus 2 anos se encontrando pra sair.

Há algumas reações muito sensíveis e preocupações de seus respectivos fãs. O que vocês gostariam de dizer para eles?
Woohyun: Primeiro, nós estamos trabalhando juntos, fazendo o estilo de música que gostamos, então espero que vocês nos assistam com amor. Fazer música com seu amigo não é divertido? Não é algo que vamos poder fazer muitas vezes na nossa vida. Se eu gosto, acho que meus fãs deveriam gostar também.
Key: Quando este projeto foi anunciado, tinha pessoas que achavam que havia algum fundo político por trás. Somos amigos próximos e teve aquela boa notícia da junção, então pensamos que seria divertido se lançássemos um álbum, é só isso. Sabemos que as pessoas que estão preocupadas conosco são também as que nos amam. Este é um projeto que nos traz felicidade e seria bom se eles percebessem que não é nada mais do que isso. Pode não parar só nisso mas, na verdade, virar o modelo para projetos entre outros músicos.

O que vocês gostariam de dizer um ao outro no momento de dizer adeus?
Woohyun: Kibum é tão ocupado com seus musicais e shows (risos). Por um lado, meu coração dói, mas pelo outro, estou agradecido. Ainda não acredito que estivemos em um grupo juntos. Ir em programas juntos é tão extravagante, chega ao ponto em que rio quando falo sobre isso, mesmo agora. Quando a prévia foi lançada, nós estamos pulando de felicidade. Ficamos “nós gravamos um clipe, hein”; “isto é inacreditável”; e nos divertimos. Espero que possamos continuar a fazer boa música juntos.
Key: Em vez de dizer algo ao Woohyun, quero comentar como é incrível que eu não esteja preocupado com nada. Geralmente quando estamos prestes a retornar, fico preocupado e me sinto pressionado. Mas dessa vez, só estou esperando para me divertir. Provavelmente vão ter várias coisas que precisaremos resolver enquanto trabalhamos, mas quero fazê-las logo.

Como colegas que trabalham juntos na música, o que vocês reconhecem um no outro?
Woohyun: Este álbum combina mais com o Key, francamente. Acho que a habilidade dele de capturar qualquer conceito é incrível.
Key: As pessoas normalmente se apegam a um lugar e tentam pedir ajuda de outras pessoas, mas este cara aqui é ganancioso quanto a conseguir as coisas por si mesmo. No meu caso, mesmo se eu tiver claramente uma arma à minha disposição, eu peço ajuda das pessoas ao meu redor, meus empresários, porque preciso de segurança e reconhecimento. Woohyun rapidamente consegue essas coisass sozinho e usa isso para impressionar os outros. Ele é muito seguro de si mesmo.

De onde vem essa segurança?
Woohyun: Eu acredito em mim mesmo (risos). A verdade é que não confio nos outros tão facilmente porque já me machuquei muito. Em vez disso, confio em mim.

Então quanto você confia no Key?
Woohyun: De 100%, por volta de 95?
Key: Onde foram os outros 5%?
Woohyun: Vou tentar completá-los durante nossas promoções (risos).

Fonte: SFI
Tradução & Adaptação: Vivi @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista do ToHeart para o Starcast

11 mar

01SHINee e INFINITE. É uma combinação um tanto diferente. Ambos são grupos ídolos, mas os estilos musicais são completamente diferentes. Enquanto o SHINee é único, INFINITE dá uma sensação poderosa. Entre isso, um tipo diferente de dupla nasce. É o ToHeart, formado por Key e Woohyun trabalhando juntos.

Key e Woohyun, melhores amigos que nasceram ambos em 1991. ToHeart significa “dois corações”. O significado é que eles irão transmitir seus sentimentos e verdades sobre a música para os fãs. O nome do grupo foi feito para ser usado em várias atividades contínuas, e não só um projeto de curto período.

02A primeira música que esses dois nos apresentam é Delicious. É um funky pop produzido pelos compositores Sweetune e Sean Alexander. Sweetune é o criador de músicas de sucesso como Man in Love e The Chaser, do INFINITE. Sean Alexander é a mente habilidosa por trás de You’re My Melody do TVXQ e AMIGO do SHINee.

O objetivo é simples. Woohyun e Key disseram “fizemos esta dupla como amigos. Nos focamos em mostrar nossas capacidades musicais“, e adicionaram “fizemos coisas que não podemos mostrar nos nossos grupos. Queremos apresentar outros tipos de charmes“.

Em 10 de Março, os dois se encontraram. Depois de terminarem o primeiro showcase do ToHeart, eles arranjaram tempo para contar a história por trás do nascimento de Delicious para os nossos leitores. Eles também falaram de fatos ainda desconhecidos como o motivo de ToHeart começar e sobre trabalhar na música.

03Key: Foi quando eu era DJ por um dia em uma rádio. Você era um novato que tinha estreado junto com o INFINITE. O número do meu celular era o prêmio de quiz. Você respondeu certo… Viramos melhores amigos, desde então. Sempre pensei em fazer algo juntos. Tipo uma sessão de fotos. Mas nunca pensei que formaríamos uma dupla.

Woohyun: É, no começo era só imaginação. Lembra o dia em que comemos junto com o CEO? Ele falou várias coisas boas depois de te conhecer. Conversamos sobre querer fazer algo juntos. Ele entendeu nossas opiniões e disse para esperarmos. As coisas cresceram até chegar aqui (risos).

Woohyun: Só o tempo de preparação levou quase um ano, né? Parece que levou muito tempo porque nos esforçamos bastante nas músicas. Escutar a prévia da música-título e começar a escolha do conceito aconteceram no verão passado.

Key: Isso mesmo. Você estava numa turnê mundial e eu tinha minhas atividades individuais. Planejei um tempo longo de propósito, mas acabou levando quase um ano pra terminar o álbum. Mesmo estando ocupado, não queria desistir da qualidade. Acho que é por isso que trabalhei por tanto tempo. Como é a primeira vez que essa dupla se apresenta, tive muitas esperanças enquanto fazia.

04Woohyun: Como se sentiu enquanto preparava o álbum do ToHeart? Para mim, foi como se estivesse além do meu limite. Acho que virou uma oportunidade de cantar em vários estilos. O efeito foi positivo. E pra você?

Key: Se fosse definir com poucas palavras, seria “desequilíbrio positivo”. Posso dizer que os membros de grupos diferentes juntos formam uma boa combinação. Parecem que não vão combinar, mas na verdade, combinam muito bem. Fiquei pensando se nós combinávamos, enquanto ouvia a prévia da música… Mas quando cantei, combinou. Nossos estilos vocais são muito diferentes. Mas tem músicas em que combinam bem e acho que o álbum mostra isso direito.

Key: Quando trabalhei junto com você, parecia diferente. Nunca te dei esse tipo de elogio, mas descobri que o seu entendimento de música é alto. Para mim, muitas vezes eu não percebo coisas pequenas. Mas você, você sabe as coisas boas e ruins da sua voz, então grava perfeitamente mesmo quando não temos muito tempo para gravar.

Woohyun: Na verdade, preparei várias versões antes de gravar. Também tentei botar algumas mudanças de técnica. Usei a melhor entre todas elas. Mas eu estava com inveja sua. Você combina com qualquer gênero. Particularmente, fiquei surpreso com o rap. Já te vi fazer rap como membro do SHINee, mas nunca soube que você era tão bom assim. Consegue fazer o rap combinar com a música e o faz bem.

05Key: Trabalhamos com vários compositores, desta vez. Não quis me limitar em gêneros. Quis botar várias músicas. Então pedi para recomendarem quantas músicas fossem possíveis, não foi?

Woohyun: Trabalhamos nas músicas com várias pessoas na equipe. Escutamos todas as prévias. O fato é que este é o começo do ToHeart. Nâo havia uma cor definida, en~tao discutimos bastante sobre que tipo de música queríamos fazer e qual o gênero. Fiz uma escolha depois de ouvir várias canções e estou satisfeito.

Woohyun: Já que estamos falando do álbum, eu me foquei em transmitir sensações parecidas ao mesmo tempo em que enfatizo nossa individualidade. Quanto as roupas, nós dois usamos ternos com texturas diferentes.

Key: Isso mesmo. Focamos na harmonia dos dois. Quase não teve canto harmonizado na música. Nossas partes são claramente divididas. Focamos na harmonia geral. Acho que não tentamos nos combinar para podermos ainda ser harmoniosos enfatizando personalidades diferentes.

06Key: Isso me lembra, não podemos continuar sem falar sobre a música Delicious. Por favor, apresente-a.

Woohyun: É uma música que expressa muito bem nossos charmes. A história é sobre dois caras brigando por uma mulher. Pensei nisso assim que escutei a prévia. Gostei muito. A letra é alegre e pude ver que tipo de apresentação fazer. Me deu a sensação de que levaria a um bom conceito e coreografia.

Woohyun: Você também gostou de Delicious como a música-título?

Key: Pensei em escolher outra música no lugar de Delicious. Mas meus conhecidos a recomendaram muito para mim. Quando continuei escutando, entendi o porquê. Essa música é do tipo que eu e você podemos gostar. Por esse motivo, resolvi que deveríamos usar essa. Nós geralmente gostamos de música funky. Eu gostei, já que Delicious combina pop e funk.

07Key: Além de Delicious, tem alguma música que você goste neste álbum? Eu gosto da 4ª faixa, You’re My Lady. Sinto que é uma música que não pode ser feita por alguém além do ToHeart. Me apaixonei por ela no momento em que a escutei pela primeira vez.

Woohyun: Acho que você gosta de músicas um pouquinho sexy (risos)? Gosto da 6ª faixa, Departure. É o remake da música do Some Day. Me lembra 1980, 1990. Gosto muito das músicas daquela época. Gosto de canções que são confortáveis e que me deixam relaxado quando escuto. Ah, também recomendo a 5ª faixa, Tell Me Why. Acho que é boa porque é sentimental e nossos estilos vocais são bem apresentados.

Woohyun: Tem seis músicas ao todo no álbum, certo? Começando com a intro, número 2 Delicious, número 3 Maze, número 4 You’re My Lady, número 5 Tell Me Why e número 6 Departure. Por favor, me diga o que elas significam.

Key: Faixas 1 a 3 são respostas às expectativas dos fãs. Músicas alegres e divertidas. As 4 e 5 enfatizam uma aura sexy e masculina que não pudemos mostrar até agora com o SHINee e o INFINITE. A 6ª faixa é um remake. Um lado não esperado é mostrado, um fim bom e limpo. É perfeitamente balanceado.

08Key: O showcase acabou. Vamos oficialmente começar a nos apresentar em programas de TV. Não está nervoso? Francamente, não estou preocupado com nossas apresentações. Mas, como o álbum reflete muitas das nossas opiniões, me preocupo que tenham pessoas que olhem para ele negativamente. Tenho essa sensação de responsabilidade. E você?

Woohyun: No começo, não me sentia carregando um peso. Tem mais significado para mim trabalhar junto com um amigo. Mas como muita gente mostrou interesse porque é uma combinação do SHINee com o INFINITE, sinto que está se tornando algo maior. O peso também ficou maior. Agora, estou muito nervoso e ao mesmo tempo, ansioso.

Woohyun: Por último, mas não menos importante, devo falar do objetivo do ToHeart promover? Meu objetivo é fazer músicas com meu amigo. Em um quadro maior, minha esperança é fazer possível que eu ocntinue a lançar álbuns do ToHeart no futuro e por estar fazendo música com você é algo feliz e acho que se tornará uma lembrança inesquecível.

Key: Tem algo que sempre pensei enquanto fazia este álbum. Em vez da música em si, estava torcendo para que o fato de nós formarmos essa dupla fosse bastante conhecido. Quero que saibam que “a formação desse tipo de grupo é possível também”, mesmo nós sendo membros de grupos diferentes. Este é meu maior objetivo com o ToHeart.

Fonte: naver
Tradução & Adaptação: Vivi @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista (?) do SHINee para a SMTOWN Talk

26 dez

1509267_649634305079407_819020973_nDurante a SMTOWN Week, que vocês podem ler mais sobre aqui, haviam telões passando perguntas e respostas dos artistas da SM. O nome em cima dos telões é SMTOWN Talk, imitando o popular aplicativo Kakao Talk. Confira abaixo as respostas do SHINee!

Você tem algum plano especial para o final do ano e para o ano que está chegando?

Jonghyun: Quero sair em um feriado.
Onew: Quero assistir mais apresentações.
Minho: Quero ir para lugares diferentes me apresentar, para que eu possa ver mais fãs.
Taemin: Claro que quero passar mais tempo com meus fãs coreanos e estrangeiros.
Key: Encontrar e cumprimentar a todos através das apresentações de música.

O Natal está chegando. Tem alguma música que vocês recomendam? Por qual motivo?

Onew: Jingle Bell.
Minho: Everybody. Para que você passe o Natal com todos (everybody) ^^
Taemin: Last Christmas do Maroon 5. A letra traz um sentimento alegre, então gosto muito.
Key: Last Christmas!

2013 foi um ano em que vocês receberam muito amor através da sua música. Qual apresentação deixou a maior impressão?

Jonghyun: Comeback de Everybody.
Onew: Comeback de Everybody.
Minho: Durante o 2013 Melon Award, quando ganhamos o Artista do Ano.
Taemin: Nossa segunda turnê japonesa, quando nos apresentamos em Saitama pela primeira vez.
Key: 2013 Melon Music Award.

Uma música do SHINee que recebeu mais amor ou uma música que vocês gostariam de recomendar.

Jonghyun: Sleepless Night. É uma música que mostra uma nova imagem do SHINee.
Onew: Selene 6.23. Ela mostra bem o tom e alcance vocal dos nossos membros.
Minho: Selene 6.23.
Taemin: Hitchhiking.
Key: Dream Girl. Porque é uma música que foi lançada depois de muita preparação.

Muitas atividades aconteceram este ano. Nas lembranças de cada membro, quais são as coisas especiais que você lembra?

Jonghyun: Lembranças dos membros fazendo atividades juntos e passando por momentos felizes junto com os fãs são o que me deixou a maior impressão.
Onew: Fazer muitas atividades que todos puderam ver.
Minho: Apesar de todas essas promoções e atividades me deixarem muito ocupado, o que deixou a maior impressão foi quando eu estava trabalhando com meus sunbaes no drama.
Taemin: Nesse momento, as promoções com os membros mostrando uma nova imagem de nós para os fãs me deixou a lembrança mais profunda.
Key: Nós lançamos vários álbuns!

Um desejo para 2014.

Jonghyun: Seria bom se eu pudesse trabalhar alegremente.
Onew: Saúde.
Minho: Desejo que os membros e eu não fiquemos doentes, e sim saudáveis pra sempre. Por favor!
Taemin: Sendo um artista, quero mostrar a todos um estilo e imagem diferente de nós.
Key: Espero que nos saiamos bem.

O que é o SHINee World para o SHINee?

Jonghyun: Amigos.
Onew: Força.
Minho: Inseparáveis. Uma existência a quem amo de verdade e sou grato.
Taemin: O SHINee existe por causa do SHINee World.
Key: Confiança.

Este ano está para acabar, tem alguma coisa que vocês gostariam de contar aos fãs?

Jonghyun: Desejo a todos boa saúde. Próximo ano, vamos fazer boas memórias juntos de novo.
Onew: Acredito que vai ficar melhor a cada ano que passa.
Minho: Muito obrigado a todos por este ano. Vamos passar esse restinho juntos também~
Taemin: Lembrem como choramos e rimos juntos neste ano. Esperem pra ver um SHINee e um SHINee World ainda mais maduros próximo ano.
Key: Estamos quase chegando no ano novo~ Tchau! Tudo de bom!!

Fonte: uniotodaki
Tradução: Vivi @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista do Key para a Harper’s Bazaar

15 dez

sAbe0SxA juventude romântica de Key

Key é um ídolo raro que não consegue esconder suas cores verdadeiras.

O motivo dele parecer tão divertido e cheio de energia mesmo quando está reclamando de qualquer coisinha é porque ele genuínamente aproveitando o momento. Encontramos um jovem saudável que sabe como contar sua verdadeira história: Key.

Por volta da época da estreia do SHINee, Key não se destacava quando comparado com os outros membros. Jonghyun tinha habilidades vocais marcantes. Minho parecia que tinha saído diretamente de uma história em quadrinhos para garotas. Onew mexia com os corações das noonas com uma aparência digna de seu nome [Onew significa suave]. Taemin era o mais novo, doce como uma margarida e mais bonito que muitas garotas. Key, por outro lado, parecia um garoto meio frio e relativamente quieto. Mas seu talento foi gradualmente aparecendo e começou a chamar atenção. Tendo uma vez dito sem inibições em um programa de variedades que “se eu quiser fazer algo, preciso que alguém consiga o trabalho para mim“, ele agora tem sua carreira indo e vindo entre o palco e a telinha. Ele tem promoções do 5° mini-álbum do SHINee, Everybody, e vai atuar como D’Artagnan em Os Três Mosqueteiros, que começa em 13 de Dezembro. Este é seu terceiro musical, contando com Catch Me If You Can e Bonnie & Clyde.

Mas comecei a ficar curiosa pelo verdadeiro Key, em vez do “Key do SHINee”, foi quando ele começou a mostrar suas qualidades mais fáceis de se identificar com. Ele gosta de café, peixe e fritas, mas tinge o próprio cabelo e reclama dos preços caros dos salões de beleza de Gangnam. Dentro dessa pessoa coexiste um garoto da cidade exigente e o vizinho comum. Seu amor por si mesmo é tão forte que mesmo durante uma viagem sozinho ele tirou intermináveis fotos de si mesmo enquanto dizia que “não é legal se não tiver o meu rosto” e compartilha seus sentimentos verdadeiros como “seria maravilhoso se eu tivesse entrado pro We Got Married” na televisão. É difícil encontrar um ídolo que escolhe um hostel jovem no lugar de um hotel, quando ele viajou por Londres, e que conversa com os locais. Apesar de ele falar o que pensa, também é ele quem mais sofre com as travessuras que os membros aprontam (chegando ao ponto dos fãs chamarem-no de Key-mori). Key tem tanta ambição e inveja, tantas coisas que ele ama e odeia. Enquanto o escuto falar “queria que o tempo fosse mais devagar“, penso comigo mesma que ele é um jovem saudável que dá o seu melhor para aproveitar o presente.

[Café, peixes e fritas: a cultura ocidental é relacionada com coisas caras, então este tipo de comida é considerado como um luxo.
Key-mori: significa que ele se deixa levar pelos outros e é o alvo de brincadeiras, mas de um jeito afetuoso.]

Você faz o papel de D’Artagnan em Os Três Mosqueteiros e está trabalhando novamente com Um Ki Joon e Park Hyung Sik, com quem você já atuou em Catch Me If You Can e Bonnie & Clyde. Estarem juntos em uma série de musicais deve ajudar às vezes, mas também pode ser um fardo ao mesmo tempo.

É bastante confortável. Os Três Mosqueteiros especialmente tem muitos resultados possíveis. São quatro personagens principais e um número de segmentos interativos com a plateia. Além disso, tem cenas que acabam levando a improvisações. Por exemplo, todos os quatro personagens precisam sair após ouvir “agora, vamos!” e essa fala sai diferente para cada ator. Um pode dizer, “vamos começar” e o outro “vamos?”. Trabalhar com atores com quem você é familiar é bom em questão de grupo, direção de palco e sinergia. Também ajuda quando vou entrar na sala e procuro por rostos conhecidos. O motivo para qualquer fardo é, simplesmente, minha ambição de fazer cada vez melhor.

Personagens renascem toda vez que eles vem à vida por diferentes atores, mas é mais fácil de comparar isso quando é num musical com vários no mesmo papel. Como será o D’Artagnan do Key?

Pensei bastante nisso. No caso do Um Ki Joon hyung, ele é simplesmente demais por causa de sua longa carreira de musicais, e acho que Hyung Sik vai desenvolver o personagem com seu próprio apelo masculino. Pensei em fazer diferente. Estou construindo um personagem que vive e morre pela justiça, não tem algo assim no final da adolescência quando você olha pra uma coisa e não liga pra mais nada? Um D’Artagnan que é completamente ingênuo para qualquer outra coisa.

Parece parecido com a personalidade do Key.

Olhando para o meu eu de 18 anos, eu era muito assim. D’Artagnan viajou bastante desde casa para se tornar um mosqueteiro e lutar pela justiça, mas na peça, os hyungs ficaram provocando ele por ser um rapaz do interior e isso o deia irritado. Ensaiar essa cena me deixou pensando nas nossas similaridades em se aborrecer quando ouvimos algo que não queremos; nesse tipo de coisa, eu tenho pouco tato.

O que quer dizer, você não é perceptivo? Não é mesmo aguçado? Nessa era de ídolos-entretenidores bons em tudo, vi você dizer sem hesitação que não quer compor ou escrever letras. Fiquei com a impressão de que você é rápido em auto-avaliar no que é bom ou não?

Não acho que compor ou escrever letras sejam dons que Deus deu a mim. Não sei quando virou obrigatório todos os ídolos comporem e escreverem, mas por agora quero cantar músicas feitas por gente melhor nisso do que eu, em vez de criar algo sozinho. Comparado a isso, musicais são algo que eu estava muito interessado em tentar. Especialmente os musicais “show” feitos em Broadway! Quando Catch Me If You Can foi anunciado, aproveitei a oportunidade (risos).

Seu primeiro musical, Catch Me If You Can, era focado no personagem principal, enquanto o segundo, Bonnie & Clyde, dava importância à dinâmica de um casal. Desta vez, em Os Três Mosqueteiros, com seu lema “um por todos e todos por um”, é crucial dar vida ao espírito de laço fraternal. Cada um tem seu charme diferente, qual estilo mais combina com você?

No caso de Catch Me If You Can, tive dificuldade durante os ensaios, até eu realmente subir no palco e começar a me divertir. Era minha primeira vez e eu tive de aprender tudo, do início ao fim, em um mês. Era uma peça em que eu podia cantar e dançar e vagar pelo palco em 40 apresentações para mostrar minha própria energia. Comparado a isso, Bonnie & Clyde tinha a novidade de eu poder mostrar muitas coisas que não pude antes. Tiveram cenas de amor que poderiam ser consideradas picantes e palavrões voando ali e aqui (risos). Catch Me If You Can combinou comigo e Bonnie & Clyde foi onde me adaptei bem. Os Três Mosqueteiros é diferente de tudo que já experimentei antes. Precisa de treino de esgrima e, como acontece no passado, tenho de prestar atenção extra em detalhes como o vocabulário e o estilo de fala. Não posso deixar minha modernidade aparecer.

Assistir você cantar A História de Um Casal de 60 Anos, de Kim Kwang Suk, no Radio Star me deixou pensando que o Key do SHINee é um ídolo muito atraente agora, mas Kim Kibum é alguém que valoriza sentimentos à moda antiga. Você até escolheu Notting Hill como seu filme favorito.

Acho que a cultura floresceu no século 20. O primeiro filme que assisti foi A Noviça Rebelde e o filme mais moderno que vi recentemente deve ser Mudança de Hábito (risos). Gosto muito de Uma Garota Irresistível, e às vezes me pergunto como o filme seria se tivesse sido gravado quando Andy Warhol ainda era vivo. O vídeo e áudio seriam de qualidade mais baixa, comparado com agora, mas teria aquela energia e originalidade que são específicos para aquele momento. Diferente dos filmes, eu me esforço em pesquisar e ouvir músicas atuais. Eu estou na indústria musical, então tento escutar tudo que posso. Neil Diamond, Kanye West, Justin Timberlake… Tenho tantas coisas que gosto que algumas pessoas perguntam do que exatamente eu gosto (risos).

Soube que você tem muito interesse em moda. Se não fosse assim, por que seus cachorros se chamam Comme des e Garçon, não é? (risos)

Eu não dei esses nomes porque gosto da marca Comme des Garçons mais que de todas, mas porque essas palavras em francês tem um bom som. Elas não ficam bem na língua? Tem muitas pessoas que se referem à marca só como Comme des, em vez do nome completo com garçon, que significa “rapaz”. Na verdade, não sou do tipo que fica com só uma marca. Não sei a marca das roupas que estou usando agora. Só comprei porque achei único. Meu foco ultimamente é em misturar e combinar. Se tem uma peça cara, então tento jogar algo vintage ou excêntrico, que você nem sabe se deveria estar usando ou estilizando como bem quer. Mas sinto que é seu estilo pessoal, e não seu rosto, que deixa a primeira impressão mais forte. Quando escolho minha roupa, geralmente penso, “o que alguém que está me vendo pela primeira pensaria depois de ver esta roupa?”.

Que sentimentos você botou no visual de hoje (ele está usando uma camisa branca dentro de uma capa feita com um muffler de tartan xadrez, calça jeans skinny e tênis Converse customizados)?

Francamente, estava muito cansado hoje para me vestir em detalhes, este visual é bem normal, mas achei que a capa faria parecer que eu não estava completamente nem aí. Está tudo bem as pessoas não quererem se vestir como eu. Mas gostaria que elas me considerassem estiloso. Assim como nem todo mundo quer ser como Edie Sedgwick ou Andy Warhol, mas não conseguem deixar de sentir seus corações flutuando quando veem o cabelo prateado e fino, mas volumoso, do Andy Warhol. E eu gostaria que as pessoas soubessem que a moda pode ser usada no dia a dia. Eu não costumava achar que a moda era um mundo distante? Quando pequeno, até eu já perguntei, “por que os designers fazem os modelos se vestirem assim se ninguém se veste assim”, quando assistia os desfiles. Apesar de que parece que as coisas melhoraram, as pessoas ainda sutilmente te menosprezam quando escutam que você gosta de moda. Então, mesmo me vestindo fora do convencional, faço caretas engraçadas e ajo naturalmente.

Você tem esse estilo de garoto maneiro, mas olho e vejo algo que não é como os outros jovens de hoje em dia. No programa SHINee’s Wonderful Vacation, você se preocupou quanto ao aluguel de uma loja que não tem clientes, pegou uma caixa vintage porque achou bonita, mas devolveu porque era muito cara. Você não acreditaria por quanto tempo aquilo me fez rir (risos).

Muito disso vem dos meus pais. Papai é um homem de negócios e Mamãe usava Marc Jacobs antes mesmo de mim. Papai não fazia nenhuma compra cara mesmo se for bonita. Mas Mamãe vai comprar algo bonito, mesmo se for caro. Por isso, não consigo comprar ou não comprar. Eu balanço para frente e para trás, dizendo “ah… é tão bonito, mas tão caro” (risos).

Acho que mostrar esse tipo de emoção, de algum jeito faz você parecer o mais animado entre o SHINee, uma impressão que se destaca com você aproveitando tudo o que faz.

Isso não vem naturalmente se você pensar como seu próprio? Primeiro de tudo, é realmente divertido. Não consigo esconder quando fico animado. É da minha natureza. Tento ser eu mesmo, assim como me visto e ajo por instinto. É uma imagem que se solidificou por tanto tempo que mesmo quando faço algo de estranho, os fãs só ficam “tudo bem, já que é você” e entendem. Acho que as pessoas geralmente amam muito esse lado meu ou realmente odeiam. É raro alguém só falar “tanto faz”.

SHINee é um grupo bem feito. Vocês estão sempre fazendo algo diferente, enquanto continuam no estilo “música para os olhos” do gênero de música de ídolos. As apresentações do novo mini-álbum são boas, mas a construção bem feita dessas sete músicas distintas também é muito impressionante. Qual faixa é a sua favorita?

Everybody antes de ser feito o arranjo. Não tenho muita certeza depois disso. Não é meu estilo (risos). Acho que é por isso que prefiro Close The Door. A letra e a melodia são de um músico underground chamado Jinbo e ele não trabalha muito com empresas grandes. Significa muito por causa disso e eu gosto da sensação dessa música mais do que das outras.

Assistindo a você com o SHINee e em programas de variedade me levam a concluir, mesmo enquanto te entrevisto, que você é determinado e tem talento de sobra. Tem alguma área em que esteja interessado além de cantar e musicais?

Quero apresentar um programa de TV. No canal OnStyle [um canal de moda]! Não acha que combina comigo (risos)?

Fonte: pixiecloud
Tradução & Adaptação: Vivi @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista do SHINee no YouTube Music Awards com o Eat Your Kimchi!

16 nov

SHINee2O grupo respondeu algumas perguntas feitas por fãs no canal Eat Your Kimchi*, e foram entrevistados por Martina nos bastidores do evento do YouTube.

[*T/N: Famoso canal do YouTube em que um casal americano, Simon e Martina, postam vídeos sobre sua vida de casados desde que se mudaram para a Coreia.]

Confira a seguir o vídeo e a tradução da entrevista:

Martina: Olá, sou a Martina do “Eat Your Kimchi” e estou aqui com um dos seus grupos favoritos de todos os tempos, SHINee!
SHINee: Olá, nós somos o SHINee!
Martina: Temos várias perguntas dos seus fãs internacionais quando eles souberam que teríamos a chance de entrevistar vocês. Então, a primeira pergunta é: Vocês tem uma agenda realmente muito lotada, com muitas promoções, então, vocês possuem planos para relaxar após tudo isso ou vocês vão fazer algo especial?
Jonghyun: Após esse mini-álbum, pra mim, estou pensando em viajar sozinho sem mesmo dizer a alguém. Não vou falar nem mesmo com o nosso manager. Ficarei cerca de 3 meses sozinho.
Onew: É um ótimo plano.
Jonghyun: Devo estar pensando em ficar em apuros.
Do Twitter, vocês tiveram vários penteados bem loucos na sua carreira, então, qual deles foi o favorito de vocês?
Taemin: De todos os penteados que fizemos até agora, a maioria deles foram ótimos.
Onew: Acho que eu gosto mais desse estilo atual.
Jonghyun: Sim, é a sua primeira vez loiro.
Onew: Sim.
Jonghyun: Para mim, eu realmente gostei do loiro meio cinza, por ser a maior mudança para mim, foi mais memorável.
Minho: Gostei de todos os penteados que fiz.
Key: Gosto mais desse penteado também.
Jonghyun: Você experimentou vários tipos de penteados, não é?
Key: Sim, mas eu gosto desse.
Jonghyun: Cabelo preto.
Key: Não pintei de preto há muito tempo, então gosto muito desse estilo.
Minho: É bom.
Martina: Eu realmente gostei do cabelo de vocês em “Lucifer”.
Key: Aquele maluco?
Martina: Esse mesmo. Quando eu vi “Lucifer” achei “Uau, incrível”.
Key: Ah, sim. Reparei no seu cabelo.
Martina: Eu amo rosa. Agora tenho uma pergunta assustadora aqui, qual de vocês quer cumprimentar os seus fãs americanos com alguma mensagem? Algum voluntário?
Minho e Jonghyun: Ah… Key.
Todos: Parabéns~
Key: Agradeço sempre pelo apoio de vocês e muito obrigado mesmo!
Martina: SHINee, fighting!
SHINee: SHINee, fighting!
Martina: Muito obrigada por virem a essa rápida entrevista na nossa pequena tenda elegante. Realmente agradecemos, façam uma boa apresentação, fighting.

Fonte: Eat Your Kimchi @ YouTube
Tradução: Nic @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista do SHINee para a JILLE Magazine

5 set

shineeS9koRPe

O novo single “Boys Meet U” trouxe o SHINee de volta para a JILLE! Para descobrir suas verdadeiras cores, eles foram perguntados sobre eles e o que pensam sobre as meninas.

A vista do palco da turnê no maior local de seu show independente.

Agora você está no meio da arena do Japão. Você pode, por favor, compartilhar seus pensamentos enquanto estava no palco do Saitama Super Arena em junho?

Key: Eu fiquei chocado, porque o palco era maior do que eu imaginava. Os lightsticks verde água perolados eram muito bonitos também.

Jonghyun: Foi a primeira vez que vi tantos fãs de SHINee de uma vez, então fiquei surpreso também.

Taemin: Eu estava realmente comovido com o número de fãs que foram para o concerto. Quanto maior o estágio, mais eu percebo o quão longe chegamos, então eu sinto uma sensação de realização.

Minho: Os gritos dos fãs foram diferentes em um local tão grande. Especialmente no início, quando o palco ainda estava escuro e começamos a cantar, eu fiquei muito emocionado com os aplausos. Fomos capazes de ficar no palco por causa dos fãs que vieram por nós, então, juntamente com a gratidão para com eles, eu também percebi que eu tinha que mostrar o meu melhor.

Onew: Não apenas isso, eu estava feliz por poder conhecer os nossos fãs de perto, eu gostei bastante também.

 

Vocês cantaram a nova canção de vocês, o oitavo single japonês, “Boys Meet U”, no concerto também.

Minho: É uma canção que realmente combina com o verão, e é refrescante, então eu vi que os fãs realmente gostaram. Havia alguns que cantaram junto o refrão e dançavam a coreografia também.

 

Que tipo de garota fascina o tolo menino louco?

(Nota: Uma parte de Boys Meet U é “Toda vez eu me afogaria de fascinação, um menino tolo tão louco”)

A letra da música inclui frases sobre vários tipos de meninas, incluindo de cabelos compridos e meninas bonitas. Que tipo de garota você gosta?

Minho: Eu prefiro meninas vestindo apenas um vestido. Eu gosto de garotas que são amáveis ​​e femininas.

Taemin: Eu gosto de garotas um pouco travessas.

Jonghyun: Você quer brincar com uma garota perversa?

Taemin: Não, eu quero uma garota má que me ouça (risos). Alguém que só seria legal comigo, talvez?

Onew: Eu prefiro alguém com cabelo curto.

Minho: Um cabelo muito curto?

Curto como o cabelo do Key?

Onew (falando em japonês, enquanto olhava para Key): Você, bonito.

Key: Ei! (risos)

Onew: Ahahahaha. Além disso, alguém que é um pouco louco é bom. Seria divertido estar com alguém com quem você não pode prever o seu temperamento.

Key: A minha é exatamente como a letra. Eu gosto de garotas de calças curtas e também meninas com cabelo loiro. Raramente vejo meninas de cabelo loiro. Quanto ao penteado, eu gosto de garotas que podem mostrar sua personalidade através dele.

Jonghyun: Eu gosto de meninas gentis. Como ela se parece não é importante.

Pois bem, se você fosse para um encontro de verão com os tipos de garotas que você mencionou agora, onde seria?

Jonghyun: Nós andaríamos de bicicleta. Porém, eu não sei andar de bicicleta (risos). Então, eu ficaria sentado na parte de trás, ela estaria pedalando a bicicleta, e juntos nós iríamos em uma viagem ao redor do país. Seria difícil para ela (risos), mas seria uma ótima lembrança.

Minho: Eu quero ir para Namsan, em Seul. Lá tem a Torre de Namsan, o caminho a pé para a torre é muito agradável, então eu quero caminhar por lá acompanhado. E você, Taemin?

Taemin: O verão é quente, não é? Como eu não posso lidar com o tempo quente muito bem, não vou encontrá-la no verão. Não que eu vá sair sozinho, mas eu não me importo se ela quiser ir na minha casa (risos).

Onew: Eu vou andar por aí, à procura de uma boa comida.

Jonghyun: Espaguete?

Key: Jojoen?

(Nota: Jojoen é um Yakiniku de classe alta no Japão)

Onew: … Por que vocês estão decidindo sobre o que eu vou comer? (risos). Eu vou escolher o que eu quero comer sozinho!

Key: (risos). Eu sempre digo que eu quero ir para o shopping, mas recentemente eu mudei. Eu quero viajar. Quero ir para um país com um clima quente.

Por que mudou?

Key: Nós filmamos o clipe de “Boys Meet U” em Okinawa. Tudo foi produzido por uma equipe japonesa, por isso, mesmo que ele ainda tenha a nossa cor, a atmosfera era um pouco diferente. Ao longo das filmagens eu estava pensando que seria bom ter um pouco de férias no verão.

Você conseguiu passar um tempo sozinho em Okinawa?

Jonghyun: Tudo o que fiz foi trabalhar…

Key: Os outros quatro de nós conseguiram ter uma pequena pausa.

Onew: Fomos para o mar por cerca de 10 minutos apenas.

Taemin: Estava muito quente, mas foi divertido mesmo assim.

Jonghyun: …Tudo o que eu sempre fiz foi trabalhar.

(Risos) Há algo que você gostaria de fazer no restante do verão?

Onew: Eu quero andar de jet ski.

Jonghyun: Eu não quero isso. É assustador (risos). Eu quero beber junto com nós cinco, sem qualquer pessoa da equipe em volta (risos).

Key: Bebemos entre os cinco durante o Natal também, não foi? Para mim, eu acho que seria bom se a nossa música, que se encaixa perfeitamente com o clima de verão, fosse amada, e que pudéssemos conhecer nossos fãs em shows novamente.

 

Tipo de menina favorita?

A. Uma menina que é boa em falar ou B. Uma menina que é boa em ouvir

O: A. É bom se nós pudermos falar uns com os outros.

J: A. É bom quando tem muito o que se falar.

K: A. Eu sou um bom ouvinte.

M: B. É bom se ela me ouve bem e poderia relacionar com o que eu estou falando.

T: A. Uma menina com quem posso me relacionar por meio de conversas.

 

A. Uma menina com boa atitude ou B. Uma menina bonita

O: B. Eu vou corrigir a sua atitude (risos).

J: A. Se a sua atitude é boa, ela ficaria bonita para mim (risos).

K: A. Seria uma dor de cabeça se nós déssemos muita atenção à nossa aparência. Eu sozinho já é o bastante (risos).

M: A. A aparência é um ponto importante, mas a atitude é mais importante do que isso.

T: A. Se a sua atitude é boa, ela ficaria bonita (risos).

 

A. Uma menina de saia ou B. Uma menina de calças

O: A. Eu gosto de garotas que podem vestir uma peça bem.

J: A. Quando se trata de garotas, então deve ser uma saia, você não acha?

K: B. Eu gosto de garotas com calças curtas.

M: A. Eu prefiro meninas que ficam melhores de saias do que de calças

T: A. Talvez eu me sinta assim porque ainda sou jovem?

 

A. Uma menina sexy ou B. Uma menina masculina

O: A. Eu acho que seria mais atraído por uma garota sexy.

J: A. Ser masculina é muito charmoso, mas não é o meu tipo.

K: Eu escolheria alguém no meio.

M: A. Eu acho que seria mais atraído por uma garota sexy?

T: A. Eu prefiro garotas que são femininas.

 

A. Uma menina com cabelo curto ou B. Uma menina com cabelo longo

O: A. Nem todas podem ficar bem com cabelo curto.

J: Eu não me importo tanto.

K: A. Não tenho uma preferência em particular.

M: B. Eu gosto de garotas com cabelo liso, comprido.

T: B. Se eu realmente tenho que escolher…

 

A. Uma menina que gosta de ser mimada ou B. Uma tipo irmã

O: A. Uma menina fofa! Gostaria de saber se existe alguma pessoa real, com todas as características que eu gosto, será que eu encontro?

J: A. Porque é fofo.

K: Nenhum dos dois. Eu prefiro meninas sábias.

M: A. É bom se nós pudermos provocar um ao outro e sermos amigos.

T: B. Eu gosto de garotas responsáveis.

 

Fale sobre sua postura!

shinee JILLE Magazine

Cr: SFI / Tradução e adaptação: Leeh @ SWBR
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista do SHINee para a H Magazine

4 set

shineeH0snOyg

Foram cinco anos desde que você estreou na Coreia, como você mudou como artista?

Jonghyun: Há tantas coisas… Mas a nossa estreia no Japão e shows. A parte em que fomos capazes de estar em um palco enorme foi a minha mudança favorita, de todos os tempos.

Minho: Em performances, me sinto diferente cantando nossas músicas de estreia.

Jonghyun: Não é que estamos melhores no que fazemos, é mais como se com o tempo estivéssemos construindo isso. É como cinco anos de experiência que ganha vida no palco.

 

Já são dois anos desde a sua estreia no Japão. Olhando para trás, como foi?

Key: Pessoalmente, antes da minha estreia coreana, tinha coisas que eu queria fazer. E a estreia japonesa era uma delas. Em 2009, um ano depois da nossa estreia, fomos para o Japão pela primeira vez em um encontro com fãs. Eu me lembro de estar muito nervoso. Eu também vi os nossos seniors, as atividades do TVXQ no Japão. Então, quando eu estreei, eu pensei “é isso”.

Taemin: Nesses dois anos, eu sinto que me acostumei com a cultura do Japão sem perceber. Como quando estamos nos comunicando. Coreia do Sul e Japão tem sistemas diferentes, assim que eu começo atividades no Japão, espero aprender mais sobre ele.

Onew: Tudo tem a ver com a experiência. Quanto mais músicas lançarmos, mais experiência teremos.

Minho: Eu sinto que nós estamos mais naturais. Após duas turnês, tornei-me mais confortável nas atividades do Japão. Eu sinto que estou crescendo muito.

 

A turnê dessa vez veio logo após o lançamento de um novo álbum, então os fãs não conseguiram ouvir tanto o álbum. Mesmo assim, as performances ao vivo foram ótimas.

Jonghyun: Eu fiquei muito surpreso.

Onew: Quanto mais fizermos isso, mais divertido fica.

Key: As pessoas sabem que as canções vão aumentar também.

Jonghyun: As diferenças entre turnês mundiais e performances japonesas são: 1) a linguagem e 2) o comportamento do nosso público. Os fãs japoneses parecem que nos assistem com cuidado.

Key: Eles parecem saber nossas intenções. Eles sempre combinam com a nossa atmosfera cada vez que mudamos o palco também.

 

Existe alguma coisa que você quer tentar no futuro?

Taemin: Até agora, estamos lançando músicas para as pessoas em torno de nossa idade. Mas a partir de agora, incluindo as nossas expressões e gênero de música, eu quero tentar uma música mais madura. Eu também quero escolher letras mais crescidas.

Minho: Também podemos tentar o oposto, para incrementar o que já fizemos.

Key: E quando fizermos isso, eu gostaria de fazer o estilo musical do momento. Se você não prestar atenção, não vai dar certo. Dança e moda também é importante. Colocando tudo isso junto, eu gostaria de mostrar sempre o nosso melhor lado.

 

Cr: SFI / Tradução e adaptação: Leeh @ SWBR
Não retirar sem os devidos créditos.

Entrevista de Onew para JTCB “Royal Villa”

16 jul

foto17

 

Onew recentemente se juntou ao grupo de ídolos que também atuam. O líder do SHINee está atuando pela primeira vez na televisão em Royal Villa, um drama que estreou no último dia 15. Onew aparecerá em “I Live With a Ghost” como um jovem homem desempregado que vive com um fantasma (Oh ChoHee).  Graças aos musicais, shows e diversas experiências nos palcos, Onew se ajustou facilmente a vida de ator. Antes das gravações, Onew disse que como é sua primeira vez atuando, existem muitos aspectos difíceis, porém fará o melhor para interpretar seu papel e poder aproveitar Royal Villa junto com a audiência.

 

Como você reagiu quando recebeu o convite para atuar em Royal Villa?
Assim que me contaram, me perguntei se seria capaz de fazer isso. Honestamente, eu não estava confiante sobre atuar no começo, pela falta de experiência. Porém depois de me encontrar com o diretor e ler o script, eu quis tentar. Consegui reunir coragem para atuar por esse drama não ser algo comum.

 

Você interpreta um personagem desempregado. Quais serão as partes mais engraçadas?
Por ser um personagem desempregado e pobre, vou usar as mesmas roupas todos os dias. Acho que as partes mais engraçadas serão as que eu digo comentários sem sentido mesmo tendo uma personalidade elegante. Quero que os telespectadores riam comigo.  Não sou um ator e apesar de minha atuação não ser perfeita, espero que as pessoas me apoiem.

 

A audiência está contado com você. Se sente pressionado?
Não muito. Já participei de musicais e me apresentei diversas vezes, então gosto de trabalhar com expectadores. Acho interessante como a audiência reage instantaneamente a expressões faciais e diálogos.

 

Como você praticou sua atuação?
Primeiro, memorizei as falar de outros personagens, porém me dei conta muito tarde que aquilo era inútil. Na atuação, é importante fazer as coisas fluírem. Agora sei por qual razão lemos o script antes de gravar. Byungjin, que também está no drama, tem mais experiência que eu e me ajudou bastante durante os ensaios. Minho também me ajudou muito. Está sendo difícil memorizar minhas falas por causa das performances do SHINee, mas Minho, que já atuou antes, vem me ajudando. Quando pratico, Minho recita as falas do outro personagem que interage comigo.

 

Provavelmente terão momentos em que você precisará improvisar.
Verdade. Atuo com uma audiência me assistindo ao vivo, então não posso falhar. Se eu esquecer minhas falas, não terei outra escolha se não improvisar. Eu até improvisei na minha primeira gravação. Teve um momento de silêncio, então improvisei sem me dar conta, mas não notaram. Definitivamente aquilo não estava no script, mas ninguém sabe que aquilo foi um improviso!

 

foto18

 

Com Taemin, Minho, e agora você, os membros do SHINee tem muitas atividades individuais.
É verdade que temos muitas atividades separados, mas elas não são nossa prioridade. SHINee atualmente está apresentando seu Arena Tour pelo Japão e ao mesmo tempo continuando com suas atividades solo.

 

Concertos de k-pop estão passando de 10 bilhões em vendas e suas escalas estão crescendo rapidamente.
Acredito que as escalas estão crescendo e que as performances estão ficando mais modernas, mas nós do SHINee preferimos aproveitar mais as performances do que se importar com escalas e vendas.  Gosto do frio na barriga e do nervosismo antes de subir no palco. Sempre penso comigo “é por isso que me apresento”.

 

Você é do tipo que conversa bastante com seus membros sobre planos futuros e preocupações?
Como vivemos juntos em um dormitório, conversamos muito. Depois de performances, falamos entre nós o que cada um fez bem e o que ainda temos que melhorar. Também monitoramos as atividades individuais de todos.

 

Seu objetivo para esse ano.
Da primeira metade do ano até parte da segunda, estarei me apresentando no Arena Tour. Vou mostrar uma boa imagem de mim e viajarei muito entre Japão e Coreia. Farei todas minhas atividades e mostrarei um bom lado de mim aos meus fãs. E por favor, deem muito suporte para Royal Villa.

 

 

Cr.: SFI
Tradução: Maki @ SWBr

Não retirar sem os devidos créditos.

 

Girls’ Generation cita o SHINee em entrevista

4 maio

lf2qIpzQue grupo, feminino ou masculino, mais chama a sua atenção esses dias?
Sooyoung: Não conheço bem os novos hoobae*. Quando meus sunbaenim** diziam “não sei quem é quem porque tem muitos deles”, eu respondia, “mas todos parecemos diferentes”. Mas agora, quando assisto programas de música, não conheço mesmo ninguém. SHINee é incrível, mas eles são tão bons que já não penso mais neles como hoobaes e sim como colegas.
[N/T: * hoobae é como você se refere a alguém que entrou na sua empresa/escola a menos tempo que você. **sunbae é para alguém que entrou a mais tempo]

Top 10 melhores da SM da Sooyoung: Qual artista da SM eu acho que se daria melhor sendo um ____.
Roteirista de drama: Jonghyun? Porque ele escreve boas letras. Por isso, acho que ele faria diálogos com sentimento.
Arremessador de beisebol: Minho? Porque ele é bom em qualquer esporte.

Top 10 melhores da SM da SeohyunQual artista da SM eu acho que se daria melhor sendo um ____.
Designer de moda: Key do SHINee. Ele se interessa por moda e acho que ele se expressa muito bem através das roupas. Escolher um presente de aniversário pra ele foi muito difícil.
Agente secreto da NIS*: Minho do SHINee. Somos amigos próximos, então costumo falar dos meus problemas com ele. Ele é leal e confiável.
[N/T: *Serviço de Inteligência Nacional coreano]

Fonte: SFI
Tradução & Adaptação: Vivi @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.