SHINee fala sobre ‘Dream Girl,’ comparações com MJ e a Globalização do K-Pop: Entrevista exclusiva

18 mar

shinee_kpop_650-430_0Essa é uma entrevista exclusiva do SHINee para a Billboard Korea, publicada no dia 12 de Março. Você pode lê-la e ver vídeos exclusivos do site da Billboard aqui (parte 1) e aqui (parte 2).

“Essa é uma geração em que o K-pop pode ser ouvido facilmente em qualquer lugar”

Como no caso dos companheiros de gravadora Girls’ Generation e TVXQ!, sempre há um grande hype quando a SM Entertainment retorna com um de seus artistas. Não houve exceção quando o grupo masculino de cinco membros SHINee – que se provou como os cinco mini Michael Jacksons da Coreia com sua harmonia lembrando The Jackson 5 – retornou no mês passado.

O lançamento de seu último álbum “Chapter 1. ‘Dream Girl-The Misconceptions of You‘ marca quase cinco anos no mercado – uma longevidade muitas vezes considerada a data de validade dos ídolos de k-pop. Mas com seu último álbum, SHINee confirma que são mais que só um grupo ídolo chamativo com um single cativante aqui e ali.

O mini-álbum de 2012 “Sherlock” indicou o caminho com sete sólidas faixas mesmo sendo duas delas (“Clue” e “Note“) combinadas em um remix híbrido, que era o single “Sherlock”, e ficou em 3º lugar no K-Pop Hot 100.

Em seu ultimo álbum, a primeira parte de uma coleção de dois discos, SHINee criou nove faixas ainda mais fortes para se empurrar no território de artistas de álbuns full. O single, “Dream Girl“, é um single mainstream seguro, agradável e, inesperadamente, os traz de volta ao topo das paradas; nessa semana, ao nº 4 do K-Pop Hot 100.

Mas o álbum é um triunfo em que não falta energia, e que lembra pop stars dos anos 80 e pop a frente de seu tempo. Músicas como “Punch Drunk Love” e “Aside” recordam sonoramente Michael Jackson e Lionel Richie, respectivamente. Enquanto músicas como “Beautiful” e “Runaway” combinam elementos únicos de produção com harmonias doces de boy band para criar uma música pop atemporal.

SHINee conversou sobre seu novo álbum e sobre entrar no seu quinto ano na indústria nos estúdios da Billboard Korea. Confira a sessão de Perguntas & Respostas abaixo.

 Conte-nos sobre seu novo álbum.
Nesse álbum, nós nos esforçamos muito para trazer música que realmente nos definisse. Apesar de estarmos satisfeitos om o resultado, tem algumas partes que sentimos que estão faltando ou ficaram insuficientes. [Nosso último mini-álbum] “Sherlock” foi bem feito musicalmente, mas era difícil de cantar. A força do [novo single] “Dream Girl” é que tem uma vibe retrô e é fácil de seguir. “Chapter 2” vai ser lançado logo. Esse ano, nós vamos lançar muitas músicas.

O que te chamou a atenção em “Dream Girl”, seu último single?
Nós encontramos “Dream Girl” depois de procurar por uma música que fosse relacionável e fácil de se cantar junto. A cor musical do SHINee estava incorporada nela, também. Eu acho que nós pudemos tentar muitas coisas novas em nossas carreira, por cause do apoio dos nossos fãs. Nós sabemos que não podemos ter medo de novos desafios ou não vamos ganhar nada.

Agora, com quase cinco anos na indústria, qual vocês acham que é a maior impressão errada sobre o SHINee?
Jonghyun: A impressão errada que o público tem de nós é que ele pensa que nós ainda somos adolescentes. [O membro ais novo Taemin vai completar 20 anos]. É um engano que nos faz sentir bem! [Risos]. Nossos fãs acham que ainda somos adolescentes. A única coisa negativa sobre isso é que recebemos mais pressão quando tentamos novos desafios. Eu espero que a gente possa de algum jeito quebrar naturalmente a concepção que todos tem da nossa imagem e idade de meninos. Mas nós ainda estamos gostando dela. Nós tivemos nossa primeira apresentação em uma casa noturna não muito tempo atrás, e o público parecia surpreso.  Eu acho que eles acharam que nós somos jovens demais para entrar numa boate!

O SHINee foi influenciado por algum artista na criação desse álbum? Ele recebeu comparações ao trabalho de  Michael Jackson e The Jackson 5.
Jonghyun: Não é que nós queríamos copiar o trabalho que ele [Michael Jackson] fazia, mas, ao invés idsso, queríamos seguir valores similares e um caminho musical parecido.

Através dos anos, vocês se tornaram sinônimo de apresentações ao vivo perfeitas. Qual o segredo?
Minho: Toda vez que nos preparamos para nossos shows ou apresentações, nós sempre vamos com o pensamento de que não fazemos tudo suficientemente bem. Nós temos essa vontade muito grande de ser impecáveis no palco. Eu acho que as pessoas nos olham com bons olhos porque elas podem ver o nosso esforço.

Quais foram algumas das dificuldades que vocês enfrentaram nos últimos cinco anos?
Jonghyun: É nossa obrigação superar nossas dificuldades e crises. Nós descansamos quando estamos doentes porque, mesmo se quiséssemos, nossos corpos não iam realmente funcionar do jeito que nós queremos. Agora, nós estamos tomando conta da saúde melhor; nós trabalhos com mais eficiência.

Existem fãs estrangeiros ou shows que se destacam particularmente nas suas lembranças?
É difícil escolher um fã específico ou país, porque existem muitos que nós visitamos. Mas cada show e fã vai ficar pra sempre marcado na nossa memória. Nós ainda não fomos à América do Sul. Nós adoraríamos nos apresentar na América do Sul um dia.

Vocês tem planos de promover nos Estados Unidos?
As barreiras do mercado de música mundial estão lentamente caindo. Essa é uma geração em que o K-Pop pode ser ouvido facilmente em qualquer lugar. O K-Pop não precisa necessariamente ser lançado extravagantemente para ser acessado ou ouvido. Nós estamos promovendo na Coreia, mas nossos fãs fora da Coreia podem nos ver por vários meios. Se for dada uma boa oportunidade, então nós queremos estrear nos Estados Unidos.

Quais são suas músicas do SHINee favoritas?
Key: “Dream Girl” é ótima, mas eu acho que o público gostou de “Sherlock”. Eu acho que é porque existem vários elementos dentro de uma música.
Taemin: Eu gostaria de recomendar “After Putting on Makeup” (Graze), do nosso 1º LP, “The SHINee World“. Todos os nossos álbuns são significativos para nós, mas eu sou mais apegado a esse pois é nosso primeiro álbum.
Jonghyun: Eu gostaria de recomendar nossas faixas baladas, “I Can’t If It Isn’t You” (Can’t Leave) e “Arrow” (Quasimodo). Nós nunca cantamos essas músicas na TV. A maioria das pessoas acha que somos um grupo voltado às apresentações ao vivo, mas depois de ouvir essas músicas, as pessoas vão perceber que somos um grupo que pode fazer outros gêneros como baladas.
Onew: Eu quero recomendar “Dynamite“. Eu me diverti gravando essa música, por que é uma faixa muito animada, refrescante. Meu alcance vocal não é tão alto, mas enquanto gravava essa música, minha voz se abriu.

Olhando para o futuro, quais os objetivos do SHINee?
Nosso objetivo é descobrir nossas distintas cores musicais assim como nossa individualidade. Esse ano, nós vamos mostrar e apresentar muito da nossa música… assim como muitas outras coisas!

Olhando para seus colegas de grupo, o que vocês gostariam de aprender uns dos outros?
Jonghyun: Eu quero aprender passos de dança chiques como Taemin.
Onew: Eu quero poder dançar bem também.
Minho: Eu tenho um alcance vocal baixo, então eu gostaria de poder atingir notas vocais mais altas.
Taemin: Eu invejo a técnica e energia de Jonghyun, a voz de Onew, as habilidades de rap de Key e a aparência de Minho.

O crescimento musical do SHINee nos últimos cinco anos é surpreendente. Para chegar a esses resultados, quanto de pesquisa vocês acham que a empresa faz e quanto esforço teve o SHINee?

Taemin: O grupo está sob uma grande agência, então nós conseguimos esses benefícios. Entretanto, cada membro tem uma força de vontade forte e é muito ambicioso. Nós praticamos muito.
Onew: Nossos veteranos do TVXQ! tem sido uma grande inspiração para nós.
Key: Nós constantemente ensaiávamos depois da nossa estreia. Nós não só cantamos e dançamos, nós atuamos também. Enquanto trabalhávamos nesse álbum, houve muitas vezes em que nós entramos no estúdio quando o sol nasceu só saímos depois que o sol se pôs.

Cr.: Billboard Korea
Tradução: Rach @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

Anúncios

7 Respostas to “SHINee fala sobre ‘Dream Girl,’ comparações com MJ e a Globalização do K-Pop: Entrevista exclusiva”

  1. luiza março 18, 2013 às 18:43 #

    EU LI AMÉRICA DO SUL? *——*

  2. S♥NE março 18, 2013 às 19:23 #

    Eles são tão esforçados, orgulho desses meninos 😀 Aliás existe um país muito interessante na América do Sul que se chama Brasil e por acaso tem muitos fãs de kpop, ficadica 😉

    • S♥NE março 18, 2013 às 19:24 #

      Ali tá escrito que Sherlock é de 2011

      • lockeyt março 18, 2013 às 20:55 #

        Obrigada por avisar ^^

  3. Mylla Lins Higurashi março 18, 2013 às 19:57 #

    ahh venham x 3 ah são adultos na responsabilidade na dedicação mas ainda eh dificil vê-los assim! Ainda
    vai demorar pros fãs teerem essa visão ! Love ❤

  4. psicopata ruiva março 23, 2013 às 19:26 #

    Comparação com o MJ ? Que poder!

  5. cris março 24, 2013 às 14:52 #

    eles são realmente d++++++++++++++++ venhan para ka!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: