Key é citado em matéria sobre seu musical na revista Nylon

5 jan

Catch Me If You Can (referido simplesmente como Catch Me) tem, atualmente, um total de 6 “Franks“, sendo quatro membros originais Uhm KiJoon, Park Kwanghyun, Kyuhyun e Key, além de dois novos membros Dongwoon e Dongjun. O elenco múltiplo foi dormado depois de um certo procedimento, mas o esforço não trouxe um bom resultado. Assim, há algo que os produtores de musicais e atores devem sempre lembrar. É a simples pergunta: você é talentoso o suficiente para estar no palco?

O filme Catch Me, no qual o musical foi inspirado, mostra Leonardo DiCaprio e Tom Hanks perseguindo um ao outro. Da mesma forma, o musical mostra Frank sendo um piloto, detetive e médico como a situação lhe pede. Em outras palavras, o musical tem o Frank como centro, o que é raro para um musical ter cada mínima atuação centrada no protagonista. Pode ser dito que esse musical é do, para e sobre o Frank. Key, que sempre se expressa não apenas através de canto e dança, mas também pela moda e arte, foi quem melhor expressou a atitude indiferente de Frank, mesmo sendo sua estreia em um musical. Ele apresenta comédias com expressões maliciosas e ousadas, e não fica tímido no palco. Quando uma modelo de revista adulta apareceu em sua frente, ele agiu como se seu nariz fosse sangrar. Quando ele ouviu a história do rato que caiu no leite pela 101ª vez, ele imitou os lábios do pai. Assim, mesmo que ele precisasse falar nada no momento, ele soube como atuar com detalhes. Sua excelente observação leva a várias reações, e isso deixa a atuação mais viva, fazendo o musical mais rico. Falando em técnica de atuação musical, ele falha por causa da sua curta respiração, pronúncia confusa e mal controle do tempo. Porém, sua presença de palco com seu instinto tem todo o foco do público o suficiente para cobrir suas falhas. O motivo pelo qual o Frank dele é querido é porque ele se julgou muito afobado quando ele se juntou a reprise do musical.

Cr.: SFI
Tradução: deh @ SWBr
Não retirar sem os devidos créditos.

3 Respostas to “Key é citado em matéria sobre seu musical na revista Nylon”

  1. A janeiro 5, 2013 às 10:50 #

    Awn, quanto orgulho! Oppa fighting❤

  2. Ully Scarlet janeiro 5, 2013 às 18:28 #

    Muito orgulho mesmo *–* mesmo eu não achando que ele precise melhorar nada, porque ele é perfeito, espero que ele melhore nas técnicas vocais aos olhos dos críticos, assim não vai ter pra ninguém :33

  3. Alice Vargas Silva janeiro 13, 2013 às 22:56 #

    mas é claro!
    gente é o Key, tudo fica melhor com ele, ñ é atoa q é almighty!

    nosso almighty!
    oppa fighting!!!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: